terça-feira, 31 de agosto de 2010

Noite Fria

Noite fria com um leve suspiro de dor,  o espírito noturno se torna cada vez mais aterrorizador, na noite gelada bate na alma uma leve pontada de pavor pode se dizer medo em muitos casos.
Na calada da noite saem os espíritos, eles estão a solta para espalhar o medo entre todos nós  em uma madrugada de inverno, tempos de nuvens negras carregadas de dor e ódio que afunila todo o meu sofrer, sem saída me pego de frente com uma situação anormal, a madrugada me da medo, medo de pensamentos e dúvidas que em muitas vezes me deixam sem saída.
Após todo esse ciclo vicioso de pensamentos adversos, vem a alegria de uma manhã de sol, e novamente me prendo na calada da noite todos os espíritos e pensamentos que me apavoram a tanto tempo.

3 comentários:

  1. Maravilha de texto!
    Flui conforme o sentir e o pensar...
    Adorei!
    ;D

    ResponderExcluir
  2. Lindo texto, lindo demais *o*

    http://pacienciasobrenatural.blogspot.com/

    ResponderExcluir